O que são Webstandards?

Padrões W3C definir uma plataforma da Web aberta para desenvolvimento de aplicativos que tem o potencial sem precedentes para permitir aos desenvolvedores construir ricas experiências interativas, alimentado por vasta armazena dados, que estão disponíveis em qualquer dispositivo.

Embora os limites da plataforma continuam a evoluir, os líderes da, indústria falam quase em uníssono sobre como HTML5 será a pedra angular para  esta plataforma.
Mas a força completa da plataforma se baseia em tecnologias muito mais que o W3C e seus parceiros estão criando, incluindo CSS, SVG, WOFF, a pilha de Web Semântica, XML, e uma variedade de APIs.

Fonte: http://www.w3.org/standards/

ACESSIBILIDADE NA WEB

Acessibilidade na internet, é um termo muito citado atualmente. Parte do princípio básico onde todo cidadão tem o direito à informação e ao seu acesso.
A internet cresce muito, e está em todas as areas da sociedade, o que a torna um recurso, muito importante em vários assuntos, como educação, entretenimento, comunicação, lazer, objetivos comerciais, pessoais e governamentais.

Desenvolver um site com acessibilidade requer que todos os profissionais envolvidos em  um projeo, não apenas dominem as tecnologias, utilização dos softwares mais atuais do mercado, mas que também tenham consciência de sua responsabilidade com o exercício na cidadania. Algumas técnicas simples poderão trazer mais rápido, eficientes e melhores os resultados, levando em consideração tamanho da janela, tamanho de fonte, resolução, entre outros que determinam conformidades com os itens de acessibilidade.

Com objetivo de padronizar soluções e esclarecimentos de acessibilidade, a Web Accessibility Initiative (WAI) desenvolveu diretrizes, que se consituem em standards internacionais para a acessibilidade na internet.

Um projeto de website criado com objetivo de ter acessibilidade, oferece possibilidade de acesso à informação e interação de pessoas portadoras de necessidades especiais de forma inédita e incrível, além de ser um diferencial de mercado aos profissionais envolvidos no projeto.

Interessante divulgar que a acessibilidade na web é regulamentada por lei em alguns casos, uma listagem de leis e políticas pelo mundo, veja em "Policies Relating to Web Accessibility".

Para saber mais sobre esse assunto, encontrei essas informações em:

http://www.w3.org/WAI

http://www.serpro.gov.br/acessibilidade/

http://maujor.com/w3c/introwac.html

Até breve!

Usabilidade

“Usabilidade é um atributo de qualidade relacionado à facilidade do uso de algo. Mais especificamente, refere-se à rapidez com que os usuários podem aprender a usar alguma coisa, a eficiência deles ao usá-la, o quanto lembram daquilo, seu grau de propensão a erros e o quanto gostam de utilizá-la. Se as pessoas não puderem ou não utilizarem um recurso, ele pode muito bem não existir.” (Usabilidade na Web – Jakob Nielsen, Hoa Loranger – Ed. Campus).

Este termo usabilidade tem sua importância cada vez mais em evidência, seja para um website, um sistema ou software, fazendo com que o usuário tenha maior facilidade de manuseio e entendimento, proporcionando que este tenha o melhor aproveitamento gerando uma maior satisfação.

O mercado e os usuários esperam muito de um website, sendo assim não aceitam um projeto ruim, e para esta expectativa gerada muitas vezes é atendida com simplicidade, organização, facilidade na leitura e na interpretação, utilizando termos fáceis, para que qualquer um tire o maior proveito da navegabilidade do website.

Ao criar um projeto, devemos levar em consideração que em um ambiente como a internet, qualquer pessoa poderá acessá-lo, e que não existe nenhum projeto de website que não possa receber críticas construtivas para que possa ser melhorado, até mesmo o conteúdo deste deve ser bem elaborado, pois as pessoas pressupõem que na internet tem tudo o que elas querem, e utilizando os sites de busca para encontrar, e supõe que o sistema de busca lhes trará a resposta correta, encontrando o que procuram.

Aprimorando e aplicando a usabilidade em um projeto, podemos fazer com que pessoas com um baixo grau de instrução consigam utilizar de forma correta um sistema, e até mesmo aqueles usuários que pouco utilizam a internet (sim, eles existem) consigam por si só encontrar o conteúdo desejado, e fazer com que tarefas como imprimir uma receita em um website sobre culinária, seja o mais simples e prático possível.

Até mais, espero que tenham gostado do artigo.

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English

 
Visitante número: